Vantagens de gravação a laser

Laser pode ser um brinquedo de criança, perigoso se utilizar do modo errado, mas na indústria as máquinas a laser tem diversas funções, como corte e gravação a laser, mas você já se perguntou como funciona o processo de gravação a laser?

No processo de gravação a laser, a superfície da peça é derretida e vaporizada pelo calor gerado pelo feixe de laser. Esse processo chama-se “remoção de material”. O sulco assim formado na peça forma a gravação.

Vantagens da gravação a laser

Adequado para diversos materiais, a gravação a laser é um processo incrivelmente versátil. O efeito do calor pode ser usado para processar os mais diversos materiais. Madeira, papel, papelão, tecidos, plásticos e diversos outros materiais podem ser gravados ou cortados a laser.

Simplicidade de operação

O material gráfico a ser gravado geralmente é enviado diretamente do programa de design gráfico à máquina de gravação, por meio de um software específico. Assim, facilita-se a transmissão de dados e é possível mudar rapidamente a imagem gravada. Além disso, o recurso de encaixe (“nesting”) do software permite reduzir o desperdício de material. Veja mais detalhes em nossa página sobre o software de laser.

Alta precisão

A gravação a laser é uma das técnicas mais precisas na área de gravação. Com resolução de até 1.000 ppi (= 39 pixeis por mm), é possível produzir gravações detalhadas com precisão, até mesmo nas menores superfícies.

Reduzida manutenção

A marcação a laser com a Rayjet é um processo realizado sem qualquer contato e, portanto, sem provocar desgaste ao equipamento, prolongando sua vida útil. Basta limpar periodicamente a lente de foco do equipamento, não sendo necessário qualquer outro tipo de manutenção.

Quais materiais podem ser gravados ou cortados a laser?

  • Metais
  • Madeira
  • Plásticos
  • Tecidos

Deixe um comentário